Select Language

SIM, O SEU VEÍCULO HÍBRIDO OU ELÉTRICO PRECISA DE LÍQUIDO DE TRAVÃO ESPECIAL

Compartilhar

 O líquido de travão é um dos heróis desconhecidos de qualquer veículo ligeiro.

Na verdade, é sem dúvida o líquido mais importante de qualquer tipo no seu automóvel.

Como a maioria dos sistemas de travagem modernos depende do sistema hidráulico, o líquido de travão é a conexão vital entre o pedal do travão e as pinças que pressionam as pastilhas de travão contra cada um dos discos das quatro rodas. Sem o nível adequado de líquido, ou se o líquido for do tipo errado, ou se o líquido de travão estiver fora da validade, essa função crítica de segurança pode ser gravemente comprometida.

Assim como existem muitos tipos e safras diferentes de veículos, existem diferentes tipos de líquido de travão. Eles são identificados por meio de uma hierarquia de nomenclatura bastante simples associada às características operacionais de cada líquido – as mais importantes são os pontos de ebulição “seco” e “húmido”. O ponto de ebulição seco é a temperatura na qual o líquido novo, direto de um recipiente previamente fechado, atingirá a ebulição. O ponto de ebulição húmido é medido após o líquido ter absorvido 3,7% de seu volume em água. Esta segunda figura é importante porque a maioria dos líquidos de travão são como uma enorme esponja líquida – eles absorvem qualquer humidade dentro de seu ambiente operacional. Isso é mau em termos de desempenho do sistema de travão, que explicaremos mais tarde.

Os tipos mais comuns disponíveis de líquido de travão são:

  • DOT 3: 205° C (seco) e 140° C (húmido)
  • DOT 4: 230° C (seco) e 155° C (húmido)
  • DOT 5.1: 270° C (seco) e 180° C (húmido)

Sempre siga a recomendação do fabricante do veículo quanto ao tipo de líquido ao adicionar ou substituir o líquido de travão. O uso do tipo errado pode prejudicar o desempenho do sistema de freio e, em alguns casos, danificar vários componentes do sistema.

 MELHOR FLUIDO DE TRAVÃO PARA HEVs E EVs 

A adoção global de veículos híbridos (HEV) e elétricos a bateria (BEV) representa uma mudança sísmica não apenas na preferência do consumidor, mas também no design e operação de vários sistemas de veículos, incluindo o sistema de travão. As características desses novos automóveis, incluindo o uso de tecnologia de travagem regenerativa, colocam uma variedade de exigências adicionais no líquido de travão, razão pela qual a FERODO introduziu o líquido de travão DOT 5.1 EHV especificamente para esses veículos.

Ao contrário dos veículos movidos por motores de combustão interna (ICE), HEVs e EVs podem regenerar as suas baterias usando a resistência dentro dos seus motores elétricos à medida que o veículo desacelera. Os veículos ICE também possuem resistência integrada – na forma do motor e da transmissão – que ajuda a fornecer ação de travagem quando o pedal do acelerador é solto. A diferença neste último caso é que esta energia não é recapturada e alimentada a uma bateria.

Veja como a travagem regenerativa afeta a operação geral do sistema de travão: Quando a bateria HEV ou EV está totalmente carregada, a função de regeneração é desativada automaticamente, o que coloca todos os requisitos de travagem do veículo no sistema de travão hidráulico convencional. Além disso, as baterias pesadas usadas nesses veículos exercem carga adicional sobre o sistema de travagem convencional, muitas vezes resultando em temperaturas de operação mais altas.

As altas temperaturas de travagem também podem ser um problema quando o sistema regenerativo está ativo. Por exemplo, o uso intermitente da travagem regenerativa pode impedir que as pastilhas e discos de travão do veículo atinjam gradualmente a sua faixa normal de temperaturas operacionais. Isso pode levar a distâncias de travagem maiores que o normal nalguns casos. E isso é importante, já que até um metro extra pode ser a diferença entre um acidente e um quase acidente de automóvel.

Os líquido de travão DOT 5.1, incluindo FERODO DOT 5.1 EHV, abordam cada um desses cenários oferecendo pontos de ebulição secos e húmidos mais altos - 274° C (seco) e 184° C (húmido).

 MAIS DURADOURO NEM SEMPRE É MELHOR.

Outro efeito colateral da travagem regenerativa é a expectativa de redução do desgaste do sistema de travão convencional do veículo, incluindo pastilhas, discos e líquido. (O desgaste dos travões varia de acordo com o tipo/peso do veículo, terreno e estilo de condução, entre outros fatores). Infelizmente, isso pode significar menos oportunidades de um técnico qualificado inspecionar os principais componentes do sistema e corrigir possíveis problemas antes que causem complicações na estrada.

Como um exemplo, a corrosão torna-se uma preocupação crescente à medida que o líquido de travão envelhece. Outro problema pode surgir à medida que várias correntes elétricas dentro de um veículo se aproximam do sistema hidráulico dos travões. Mesmo um sistema de travagem fechado pode absorver corrente elétrica, o que pode danificar vários componentes do sistema. Por essas e outras razões, o líquido de travão FERODO DOT 5.1 EHV é menos condutor do que outros tipos de líquido e oferece lubrificação adicional para ajudar a proteger outros componentes do sistema.

Os líquidos de travão também são afetados por baixas temperaturas. Alguns líquidos aumentam gradualmente e perdem a viscosidade – tornando-se mais espessos e reduzindo as suas propriedades de fluxo – à medida que as temperaturas caem. Como o sistema de travagem convencional é baseado no sistema hidráulico, é importante que os líquidos permaneçam fluindo livremente em todas as condições. FERODO DOT 5.1 EHV mantém excelente viscosidade mesmo em temperaturas tão baixas quanto -40°C.

file

 O FACTOR ÁGUA

Já exploramos o efeito de "enorme esponja líquida" de todos os líquidos de travão. Embora seja praticamente impossível evitar que esses líquidos absorvam água, a taxa de absorção e a reação do líquido à água podem variar. Características químicas do líquido FERODO DOT 5.1 EHV retarda o declínio do seu ponto de ebulição.

Eis porque o ponto de ebulição é importante: o líquido de travão não pode ser comprimido. Portanto, quando pressiona o pedal do travão, o volume total do líquido aplica pressão nas pinças, pastilhas e discos para um desempenho de travagem sólido e preciso. À medida que o teor de água aumenta, o ponto de ebulição do líquido diminui, tornando mais provável que dentro da mistura apareça algum vapor ou bolha de gás. Quando isso ocorre, a água é convertida em vapor compressível, levando à redução da pressão hidráulica dentro do sistema, diminuição da potência de travagem e, em muitos casos, um pedal de travão “esponjoso”.

file

 LEMBRETES RÁPIDOS

Lembre-se, a designação DOT do líquido de travão usado no seu veículo é ditada pelo fabricante do veículo. Alguns tipos de líquidos não são intercambiáveis, portanto, certifique-se de verificar qual é o correto para o seu veículo antes de adicionar uma pequena quantidade ao sistema de travagem.

Nunca reutilize um recipiente de líquido de travão que não tenha sido devidamente vedado. O líquido pode estar altamente contaminado com água.

Se estiver a conduzir um HEV ou EV, é melhor usar um líquido DOT 5.1, como FERODO DOT 5.1 EHV, que é formulado especificamente para as exigências exclusivas de veículos equipados com tecnologia de travagem regenerativa e outros recursos/características que podem afetar os ciclos de manutenção dos sistemas de travagem.

Um último ponto importante, sobre o novo líquido de travão FERODO DOT 5.1 EHV: é solúvel em água, biodegradável e oferece baixa toxicidade ambiental. Afinal, a Terra, assim como o líquido de travão do seu veículo, é uma esponja gigante, e precisamos ter cuidado com o que ela absorve!

Clique aqui para saber mais sobre o líquido de travão FERODO DOT 5.1 EHV – mais um exemplo do porquê de ser sempre importante “Escolher o poder do desempenho” que vem com cada produto FERODO. 

 

O conteúdo deste artigo é apenas para fins informativos e não deve ser usado em vez de procurar aconselhamento profissional de um técnico ou mecânico certificado. Recomendamos que consulte um técnico ou mecânico certificado se tiver dúvidas ou preocupações específicas relacionadas a qualquer um dos tópicos abordados neste documento. Sob nenhuma circunstância seremos responsáveis por qualquer perda ou dano causado por sua confiança em qualquer conteúdo. 

Compartilhar
Testes relacionados
carregando...