Select Language

ELETRIFICANDO O MERCADO AUTOMÓVEL

Compartilhar

UMA MUDANÇA NA TECNOLOGIA ECOLÓGICA 

Com o recente incremento nas vendas mundiais de veículos elétricos puros, a procura por produtos de fricção adaptados levou a evoluções empolgantes no mercado dos veículos elétricos e híbridos. O que é que essa explosão de veículos elétricos significa em números? Resumindo: um aumento de 92% para 765.000 unidades elétricas vendidas em 41 mercados diferentes no primeiro semestre de 2019. É essa mesma tendência elétrica que deverá acelerar ainda mais nos próximos meses e anos*. Essas mudanças são nada menos que uma revolução elétrica que exige uma tecnologia e é exatamente aí que os produtos de fricção desempenharão o seu papel por excelência.

*JATO Automotive Market Research

DIFERENTE TRAVAGEM, NECESSIDADES DISTINTAS

Desde nenhum ruído gerado pelo motor e travagem regenerativa até ao peso bruto do veículo e à potência de aceleração: os veículos elétricos têm diferentes requisitos de travagem. Analisando o sistema de travagem regenerativa ao detalhe: este método de travagem inteligente permite que o veículo atue como um gerador, transformando o momento do veículo em eletricidade. Os veículos elétricos alcançam a travagem acionando os seus motores em movimento inverso, extraindo energia das peças travadas para armazenar energia e recarregar as baterias elétricas. A resistência que acompanha auxilia as pastilhas de travão na superação da inércia, diminuindo a velocidade do veículo.

Neste caso, os travões atuam como reserva quando o sistema de travagem regenerativa não fornece poder suficiente. No entanto, eles trabalham principalmente em travagens bruscas ou rápidas. Isto é muito diferente do sistema de travagem tradicional, onde as pastilhas de travão criam atrito com os discos para diminuir a velocidade ou parar completamente o carro. O atrito aqui é produzido entre as rodas e a superfície da estrada, criando calor a partir da energia cinética do carro. Esse calor, no entanto, permanece sem uso e é desperdiçado.

TRAVAGEM ELÉTRICA: O MOMENTO DO LÍQUIDO! 

Quando a bateria de um veículo elétrico está carregada, o sistema deixa de poder tirar proveito da travagem regenerativa. Isso significa que os travões precisarão de fazer todo o trabalho sem qualquer apoio do motor. Para absorver essa tensão, é necessário um fluido de travão aprimorado, com um alto ponto de ebulição seco e húmido. Quando a bateria não está completamente carregada, os travões fazem menos trabalho, o que diminui o desgaste. Isso significa que o sistema de travagem regenerativa é usado com menos frequência. Um fluido de travão com proteção otimizada contra a corrosão deve enfrentar essa segunda preocupação. O Ferodo FBE050 é um fluido de travão otimizado para uso em carros híbridos e elétricos.

ferodo-brake-fluid

A mesma abordagem especializada é vital quando se leva em consideração as correntes elétricas do veículo. Pense num fluido de travão com um nível de condutividade mais baixo. Para além disso, há desenvolvimentos em ESP, ABS, ADAS e AD, além da procura por veículos com ênfase no tempo e na frequência do ciclo. É aqui que as excelentes propriedades de lubrificação e os requisitos de baixa viscosidade surgem com pleno efeito.

CUMPRINDO AS METAS DE EMISSÕES DA U.E. 

Com algumas barreiras a desaparecer lentamente, como a do poder de compra, infra- estruturas e falta de investimento, cada vez mais se vai abrindo o caminho do puro elétrico ao público. Isto será necessário para cumprir as metas prementes de emissão estabelecidas para os próximos 5 a 10 anos. As novas metas de emissões estabelecidas para automóveis de passageiros e veículos comerciais ligeiros na UE para o período após 2020 exigirão uma redução de 37,5% nas emissões de dióxido de carbono para veículos novos e uma redução de 31% nas emissões para veículos comerciais ligeiros até 2030.*

*Factos e números da Comissão Europeia

Para estimular ainda mais essas metas de emissão, um incentivo em tecnologia neutra será implementado em veículos com zero ou baixas emissões para dar ao mercado um sinal claro de investimento em opções de transporte limpas. Isto abrangerá veículos de emissão zero e veículos de baixa emissão com emissões de escape inferiores a 50g de CO2 por km. Basta pensar em veículos híbridos plug-in equipados com modos de condução tradicionais e elétricos.

Uma forma de controlar e validar essas quantidades mais reduzidas de gases de efeito estufa será implementando um sistema exigente de vigilância de mercado, para garantir a representatividade dos procedimentos oficiais de teste, comparando-os com situações da vida real e, também, verificando até que ponto os veículos colocados no mercado automotivo estão em conformidade com os veículos de referência testados.

O PRÓXIMO PASSO: OUTRAS EMISSÕES EXTRA ESCAPE

Outro fator importante a ter em consideração no futuro, são as outras emissões precursoras do ozono ao nível do solo. As fontes relacionadas ao tráfego foram reconhecidas como um contribuinte significativo de partículas de matéria. Dos travões e pneus ao desgaste das embraiagens e da superfície da estrada, especificamente em ambientes urbanos, estas outras emissões podem contribuir devido ao ambiente de start/stop, maior frequência de travagens e mais situações de trânsito. Inovações como as pastilhas de travão ECO-Friction® já abordam essas evoluções futuras, levando o mercado a uma revolução verde.

file

FERODO® PRODUTOS DE FRICÇÃO PREMIUM 

Dedicamo-nos a soluções engenhosas ao desenvolver os nossos produtos de fricção e estamos ansiosos para explorar, ainda mais, esses avanços ecológicos na tecnologia. Após 5 anos de engenharia, a Ferodo® desenvolveu a pastilha de travão ECO-Friction®: uma solução com baixo teor de cobre que reduz os metais pesados e suas emissões, altamente eficiente para carros elétricos, híbridos e outros veículos equipados com travões de estacionamento elétricos. É uma solução que pode tornar os veículos atuais e futuros ainda mais ecológicos, mais seguros e mais leves. Como? Minimizando as partículas poluentes e diminuindo o peso da pastilha e do disco.

Deseja atender a todas as necessidades que acompanham a travagem regenerativa? O fluido de travão DOT 5.1 EHV é o primeiro para veículos elétricos no mercado automotivo. Para um elevado ponto de ebulição seco e húmido, uma maior resistência à corrosão e uma baixa condutividade.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS PASTILHAS DE TRAVÃO ECO-FRICTION®

  • 5 anos de engenharia dedicada
  • 1.500 materiais testados para uma formulação surpreendente
  • Combinação de até 25 componentes entre sulfetos metálicos, minerais, abrasivos, fibras, partículas cerâmicas e tipos de grafite
  • Adequado para todos os tipos de veículos, incluindo híbridos e veículos elétricos
  • Altamente eficiente para travões de estacionamento elétricos

VANTAGENS DAS PASTILHAS ECO-FRICTION®

  • <0,5% da concentração de metais pesados
    Partículas de cobre, zinco ou antimónio
  • - 60% das emissões através da perda de peso
    Numa distância de 7000 km

VANTAGENS DO LÍQUIDO DE TRAVÃO 5.1 EHV

  • Elevado ponto de ebulição seco (274°C)
  • Elevado ponto de ebulição húmido (184°C)
  • Maior resistência à corrosão
  • Baixa condutividade
  • Baixa viscosidade em conformidade com ISO 4925 Classe 6
  • Atende e excede qualquer especificação de DOT 3, 4, 5.1 e 4LV
Compartilhar